DOMINGO, 25 DE JUNHO DE 2017
Untitled Document
18/05/2017 | Fonte: G1

Quase 500 armas artesanais são apreendidas no maior presídio de MS

Aproximadamente 500 homens do Exército, Polícia Militar, Polícia Civil e Agepen participaram da operação.
Viaturas do Exército em frente ao presídio de Dourados (Foto: PM/ Divulgação)

Operação realizada na quarta-feira (18) pelo Exército em parceria com a Polícia Militar, Polícia Civil e Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen), apreendeu cerca de 470 armas artesanais e drogas na Penitenciária Estadual de Dourados (PED), a 214 quilômetros de Campo Grande.

A operação durou aproximadamente 8 horas e contou com 500 homens dos órgãos de segurança pública do estado. Foram apreendidos ainda objetos considerados de risco como pedaços de ferro e madeiras. Foram encontrados também 176 porções de maconha e cocaina.

O Exército usou equipamentos do Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras (Sisfron), para registrar imagens de dentro do presídio. Um drone foi utilizado para gravar imagens de cima do estabelecimento penal.

No início do ano, depois da crise penitenciária, o Governo Federal assinou um decreto autorizando as forças armadas a atuar nos presídios do Brasil. A Penitenciária Estadual de Dourados tem capacidade para 718 internos e atualmente tem cerca de 2,5 mil presos. É o maior estabelecimento penal de Mato Grosso do Sul.

Em fevereiro, uma ação semelhante no Presídio de Segurança Máxima Jair Ferreira de Carvalho, em Campo Grande, apreendeu 348 armas brancas, sendo a maioria facas e punhais artesanais, além de 34 tesouras e uma extensa lista de materiais inflamáveis, incluindo nove recipientes com líquido inflamável, 243 “acendedores ou iniciadores de fogo” e 143 fios elétricos.

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 24/06/2017 Itaquiraí - Policia Militar localiza veiculo roubado abandonado e sem as rodas em meio de mata
Postada em: 24/06/2017 Adolescente com passagem por homicídio é apreendido por estuprar prima de 9 anos
Postada em: 24/06/2017 Com 'exército' na fronteira, PCC estaria planejando assalto a banco
Postada em: 24/06/2017 Líder da facção ‘Bala na Cara’ é transferido para Mato Grosso do Sul
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra