SEXTA-FEIRA, 19 DE JANEIRO DE 2018
Untitled Document
12/12/2017 | Fonte: MIDIAMAX

Governo aditiva em R$ 2 milhões contrato com empresa para manutenção de via

Empreiteira é suspeita de irregularidades no tapa-buraco da Capital

O governo estadual, por meio da Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos), aumentou o valor o contrato com uma das empreiteiras responsáveis pela manutenção da malha viária de Mato Grosso do Sul.

De acordo com publicação feita no Diário Oficial do Estado desta terça-feira (12), o contrato entre Agesul e a empresa Wala Engenharia, recebeu um aditivo de R$ 2.118.388,84 (dois milhões, cento e dezoito mil, trezentos e oitenta e oito reais e oitenta e quatro centavos).

A Wala é responsável pela ‘visando à manutenção e conservação das rodovias estaduais pavimentadas e não pavimentadas, nas rodovias que fazem parte da Malha Rodoviária da 16º Residência Regional de Bela Vista’.

A empresa é acusada pelo MPE-MS (Ministério Público Estadual) de integrar um ‘seleto grupo’ de empreiteiras que venciam licitações para o serviço de tapa-buraco na Capital durante a gestão de Nelsinho Trad (PTB).

Durante as investigações, os promotores encontraram indícios de que a Wala, e outras empresas do setor que integravam o grupo, participou de um esquema para lesar os cofres públicos, que se dava por meio de direcionamento de licitações, com adoção de cláusulas restritivas para habilitação nos certames, sobrepreço dos serviços contratados, bem como possível execução fraudulenta e mais caras dos serviços que o praticado no mercado.

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 18/01/2018 Projeto de ferrovia em MS atrai investidores internacionais, diz Azambuja
Postada em: 18/01/2018 Petrobras anuncia queda de 5% nos preços do botijão de gás de cozinha
Postada em: 18/01/2018 Supermercados Chama realiza sábado sorteio da promoção de 27 anos
Postada em: 18/01/2018 Governo de Mundo Novo montou tendas para Feira do Produtor
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra