QUARTA-FEIRA, 14 DE NOVEMBRO DE 2018
Untitled Document
11/07/2018 | Fonte: CAMPO GRANDE NEWS

Polícia apreende arma de dupla denunciada por fazer tiro ao alvo em placas

Dupla usava arma de alto poder de fogo como brinquedo. (Foto: JP News)

Diversas denúncias de que tiros eram disparados sempre à noite em área rural de Três Lagoas – cidade a 338 quilômetros de Campo Grande -, levaram a Polícia Militar até uma propriedade onde foi apreendia arma de alto poder de fogo.

O SIG (Setor de Investigações Gerais) da Polícia Civil e Inteligência da Polícia Militar identificaram dois homens que praticavam ‘tiro ao alvo’, em placas. Uma espingarda calibre 22 utilizada pela dupla foi apreendida, além das munições e dois carregadores.

O armamento era usado pelo patrão e o funcionário da fazenda que fica às margens do rio Sucuriú. Mas a dupla não foi encontrada pela polícia. A esposa do caseiro apontou o local onde a arma estaria escondida e também confirmou que o marido e o patrão atiravam nas placas.

A arma possuía registro, mas ainda conforme o JP News, o funcionário será indiciado por posse irregular e disparo de arma de fogo e o patrão também responderá por repassar a arma a pessoa não autorizada.

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 13/11/2018 Pistoleiros que mataram advogada são brasileiros, diz polícia paraguaia
Postada em: 13/11/2018 Jovem de 18 anos morre eletrocutado durante limpeza de alojamento na Unei
Postada em: 13/11/2018 Caminhoneiro agarra adolescente pelo pescoço em festa e a estupra em matagal
Postada em: 13/11/2018 Advogada de Pavão e Marcelo Piloto é morta com 18 tiros na fronteira
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra