QUINTA-FEIRA, 17 DE JANEIRO DE 2019
Untitled Document
11/01/2019 | Fonte: G1

Decreto sobre armas fica para a semana que vem, diz Onyx

Foto: Divulgação

O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni , confirmou nesta sexta-feira a informação de que o decreto de flexibilização da posse de armas de fogo não será assinado nesta sexta-feira como havia adiantado o governador de São Paulo, João Doria (PSDB) . Segundo o ministro, a nova previsão é de que o texto seja finalizado e avalizado pelo presidente Jair Bolsonaro entre segunda e terça-feira da próxima semana.

"O decreto ainda está nos ajustes finais. Deve sair no início da próxima semana", disse.

Dados do IBGE e do Ministério da Saúde cruzados pelo GLOBO mostram que pelo menos 169,6 milhões de pessoas — quatro em cada cinco brasileiros — podem ser diretamente afetadas caso seja confirmada no texto a possibilidade de acesso mais fácil a armas por moradores de cidades com taxas de homicídios superiores a dez mortes para cada 100 mil.

Em 2018, a Polícia Federal (PF) concedeu, entre pedidos novos e revalidações, 258.427 registros de posse de arma de fogo para a população civil no Brasil — uma média de 708 por dia.

COMENTE ESTA NOTÍCIA:
» NOTÍCIAS RELACIONADAS
Postada em: 11/01/2019 Novo comandante do Exército defende que militares fiquem de fora da reforma da Previdência
Postada em: 08/01/2019 Colaborador de Bolsonaro, Harfouche quer mudança no ECA para punições
Postada em: 08/01/2019 Governo estuda privatizar ou liquidar 100 estatais, diz ministro
Postada em: 07/01/2019 Bolsonaro sanciona lei que permite criação de fundos patrimoniais
Untitled Document
Desenvolvimento: Luciano Dutra